RESOLUÇÃO CFM nº 1.868/08

 

Homologa a eleição realizada nos dias 06 e 07 de agosto de 2008 para Conselheiros Efetivos e Suplentes do CRM-PE.

 

O CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA, no uso das atribuições conferidas pela Lei nº 3.268, de 30 de setembro de 1957, alterada pela Lei n° 11.000, de 15 de dezembro de 2004, regulamentada pelo Decreto nº 44.045, de 19 de julho de 1958, e regido pela Lei nº 9.649, de 27.5.1998, e

CONSIDERANDO o que determina a Resolução CFM n° 1.837 de 12 de março de 2008;

CONSIDERANDO o Processo Eleitoral CFM n° 17/08, oriundo do Conselho Regional de Medicina do Estado de Pernambuco, referente às eleições realizadas naquela Autarquia para a renovação do Corpo de Conselheiros efetivos e suplentes, para o qüinqüênio de 2008/2013;

CONSIDERANDO a regularidade e legalidade do referido Processo Eleitoral;

CONSIDERANDO o decidido na Sessão Plenária realizada em 10 de setembro de 2008,

 

RESOLVE:

Art. 1º Homologar a eleição realizada nos dias 06 e 07 de agosto de 2008 para Conselheiros Efetivos e Suplentes do Conselho Regional de Medicina do Estado do Pernambuco.

Art. 2º Proclamar eleitos para o período de 1º de outubro de 2008 a 30 de setembro de 2013, os Conselheiros seguintes:

CONSELHEIROS EFETIVOS

ANDRÉ LONGO ARAÚJO DE MELO                                        

ANTÔNIO JORDÃO DE OLIVEIRA NETO                                                        

CARLOS VITAL TAVARES CORRÊA LIMA                                         

GUSTAVO ANTÔNIO DA TRINDADE MEIRA HENRIQUES FILHO  

HELENA MARIA CARNEIRO LEÃO                                                                  

IZAÍAS FRANCISCO DE SOUZA JÚNIOR                                                        

JANE MARIA CORDEIRO LEMOS                                                                    

JOÃO GUILHERME BEZERRA ALVES                                                

JOSÉ CARLOS BARBOSA DE ALENCAR                                                     

JUREMA TELLES DE OLIVEIRA LIMA                                                 

LUCIANA CAVALCANTI LIMA                                                                

LUIZ ANTÔNIO WANDERLEY DOMINGUES                                       

MÁRIO FERNANDO DA SILVA LINS                                                    

MÁRIO JORGE LEMOS DE CASTRO LÔBO                                      

MAURÍCIO JOSÉ DE MATOS DE SILVA                                                         

OLÍMPIO BARBOSA DE MORAIS FILHO                                                         

RICARDO ALBUQUERQUE PAIVA                                                                  

SILVIA DA COSTA CARVALHO RODRIGUES                                    

SÍLVIO SANDRO ALVES RODRIGUES                                                

VALDECIRA LILIOSO DE LUCENA                                                    

 

CONSELHEIROS SUPLENTES

ADRIANA SCAVUZZI CARNEIRO DA CUNHA                                    

ANA CECÍLIA MELO DA SILVA SARUBBI                                                      

ANDRÉ SOARES DUBEUX                                                                   

ANTÔNIO LOPES DE MIRANDA                                               

CÉSAR HENRIQUE ALVES LYRA                                                        

CLÁUDIO MOURA LACERDA DE MELO                                            

CRESO ABREU FALCÃO                                                           

FABIANO LIMA CANTARELLI                                                    

FRANCISCO ATANÁSIO DE MORAIS NETO                          

FRANCISCO LEANDRO DE ARAÚJO JÚNIOR                                              

HORÁCIO MÁRIO FITTIPALDI JÚNIOR                                                 

MARIA DE FÁTIMA MOREIRA VIANA DE BARROS                          

MARIA LUIZA BEZERRA DE MENEZES                                                          

MIGUEL ARCANJO DOS SANTOS JÚNIOR                                        

PAULO ROBERTO SAMPAIO DE MELO                                             

ROBERTO TENÓRIO DE CARVALHO                                                 

ROMEU KRAUSE GONÇALVES                                                           

SIMONE SGOTTI                                                                                      

SIRLEIDE DE OLIVEIRA COSTA LIRA                                                 

THEÓPHILO JOSÉ DE FREITAS NETO

           

Art. 3º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação.

 

Brasília-DF, 10 de setembro de 2008.

 

 

 

EDSON DE OLIVEIRA ANDRADE                                         LÍVIA BARROS GARÇÃO

                Presidente                                                                               Secretária-Geral

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS DA RESOLUÇÃO CFM Nº 1.868/08

 

 

 

                        O artigo 30 do Decreto nº 44.045/1958 dita que as normas do processo eleitoral relativo aos Conselhos Regionais constarão de Instruções baixadas pelo Conselho Federal.

                        O artigo 48 da Resolução CFM nº 1.837/2008 dita que o Conselho Federal de Medicina apreciará o processo eleitoral, para efeito de homologação, na sessão plenária seguinte ao recebimento da documentação citada no artigo anterior, editando resolução específica acerca de homologação ou não do pleito.

                        O artigo 46 da Resolução CFM nº 1.837/2008, que exalta o princípio constitucional do duplo grau de jurisdição, dita que no prazo de até 3 (três) dias úteis posteriores ao encerramento do pleito, poderão ainda ser apresentados ao Conselho Regional outros protestos que porventura venham a ser formulados, a fim de que sejam encaminhados ao Conselho Federal de Medicina, juntamente com os documentos referentes à eleição.

                        Assim, resta devidamente fundamentada a necessidade de referendo do processo eleitoral de cada Conselho Regional de Medicina, de forma individualizada, por meio de resolução aprovada pela Plenária deste Conselho Federal de Medicina.

 

Brasília-DF, 10 de setembro de 2008

 

EDEVARD JOSÉ DE ARAÚJO

Conselheiro Relator